Sobre o projeto

O Projeto Paulo Werneck tem por objetivo preservar, catalogar e divulgar a obra do artista que marcou a paisagem arquitetônica brasileira com centenas de murais e desenvolveu de forma pioneira a utilização de mosaico cerâmico em empenas cegas e outras superfícies. O legado de sua obra abrange não apenas painéis, mas também um acervo armazenado em seu atelier que inclui cerca de 200 projetos em guache sobre papel, dezenas de ilustrações, documentos e fotografias.

A família do artista idealizou um conjunto de estratégias e ações que visam a preservação da obra do artista e a sua inserção na história do modernismo brasileiro.

Esta iniciativa já resultou no tombamento de dezenas de painéis na cidade do Rio de Janeiro; no reconhecimento da autoria dos painéis laterais da igreja da Pampulha; no restauro e preservação dos originais e catalogação do acervo; na realização de exposições no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília; na publicação de dois livros sobre o artista e na publicação do website do projeto.

O artista

Paulo Werneck (1907 / 1987) nasceu no Rio em 29 de julho. Foi pintor, desenhista e ilustrador de livros infantis e colunas políticas de diversos jornais. Autodidata, introduziu no Brasil a técnica do mosaico. Contribuiu com seus murais para projetos de arquitetos como Oscar Niemeyer, Marcelo, Milton e Maurício Roberto, Marcelo Campelo, Firmino Saldanha, entre outros. Fez seus primeiros painéis em mosaico no terraço-jardim do Instituto Resseguros do Brasil, em 1944. Dentre os painéis realizados destacam-se os localizados nos edifícios Ministério da Fazenda, Seguradoras, Marques do Herval, Banco Boavista, no Rio, na Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, e no Palácio do Itamaraty, em Brasília. Com mais de 300 painéis em prédios e residências, em todo o país, Paulo Werneck foi um incansável colaborador do Modernismo.

Biografia do artista

Notícias

Primeiras imagens da reconstrução do terraço-jardim do IRB. Em breve, o vídeo completo com os painéis e o jardim finalizados.

Reconstrução do terraço-jardim do Instituto de Resseguros do Brasil

Destruído na década de 1980, o terraço-jardim ganhou outros usos e manteve esse apecto até 2015 quando iniciaram as obras de restauração do prédio. A partir dessa inciativa, o IRB convidou os responsáveis pelo acervo do Projeto Paulo Werneck para a reconstrução. A obra de instalação dos murais ficou a cargo da arquiteta Isabel Ruas …

Belo Horizonte recebe exposição do muralista Paulo Werneck em novembro

Depois de Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Recife, a exposição Paulo Werneck muralista brasileiro será inaugurada no dia 15 de novembro no Museu de Arte da Pampulha, em Belo Horizonte. Desenhos originais, imagens de painéis, filmes e documentos compõem a mostra. A itinerância da exposição conta com o patrocínio da Petrobras através do …